Geral

Apremavi conquista 23ª edição do Prêmio Expressão de Ecologia

Apremavi conquista 23ª edição do Prêmio Expressão de Ecologia Uma das muitas atividades de educação ambiental realizadas pelo Projeto. (Foto: Edegold Schaffer)

A Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida (Apremavi) acaba de conquistar, na categoria Educação Ambiental, o Prêmio Expressão de Ecologia, reconhecido pelo Ministério do Meio Ambiente como a maior premiação ambiental do Sul do Brasil.

É a 6ª vez que a Apremavi conquista o prêmio, e nessa edição, com o Projeto Araucária, realizado no período de agosto de 2013 a dezembro de 2015.

A premiação contou com a participação de 129 relevantes projetos ambientais em 2015 e já contabiliza, em mais de duas décadas, 2.408 cases inscritos das principais empresas, ONGs, prefeituras e entidades do Sul do Brasil.

O projeto teve como objetivo a conservação e recuperação de remanescentes florestais e espécies-chave do Bioma Mata Atlântica, por meio da implantação de sistemas agroflorestais, recuperação de áreas degradadas e enriquecimento de florestas secundárias, promovendo o uso sustentável dos recursos naturais.

Também objetivou promover a educação ambiental por meio de atividades de comunicação, capacitação, socialização e troca de experiências entre os diversos atores sociais envolvidos. O trabalho foi realizado em 13 municípios de Santa Catarina, sendo seis situados na região do Alto Vale do Itajaí: Atalanta, Vitor Meireles, Dona Emma, Braço do Trombudo, Santa Terezinha e Salete; e sete na região Oeste: Chapecó, Guatambu, Galvão, São Domingos, Abelardo Luz, Passos Maia e Ponte Serrada.

Principais resultados do projeto

- Envolvimento direto de 2.300 pessoas durante a realização do projeto, a partir da realização de reuniões de sensibilização e mobilização, seminários regionais, cursos de capacitação, palestras e visitas de intercâmbio. 
- Planejamento ambiental de 270 propriedades rurais. 
- Produção e distribuição/plantio de 320.000 mudas de espécies nativas da Mata Atlântica. 
- Construção de 02 viveiros florestais. 
- 228 hectares de áreas localizadas em propriedades rurais recuperadas e/ou conservadas. 
- 29 hectares de áreas degradadas localizadas em unidades de conservação recuperadas. 
- Realização de palestras e atividades de educação ambiental em escolas dos municípios envolvidos. 
- Elaboração de materiais de educação e comunicação: Cartilha e vídeo “Projeto Araucária conservação e recuperação a Mata Atlântica”. Jogo da memória “Biodiversidade na Mata Atlântica”.

O Projeto Araucária foi uma iniciativa Apremavi, patrocinado pela Petrobras, Governo Federal, por meio do programa Petrobras Socioambiental. 

A trajetória da Apremavi no Prêmio Expressão iniciou em 1998, com a premiação do Projeto Agroecoeducação, em seguida foram contemplados os projetos: Conservando a Mata Atlântica através do Enriquecimento de Florestas Secundárias (2002), Planejando Propriedades e Paisagens (2007),  Programa Matas Legais (2008) e Integração e Capacitação de Conselhos e Comunidades na Gestão Participativa de Unidades de Conservação em 2013.

Para Miriam Prochnow, conselheira da Apremavi, a conquista de mais esse prêmio traz uma grande satisfação e o reconhecimento do empenho e seriedade do trabalho de toda equipe da instituição: “o Projeto Araucária é um marco na história da Apremavi e é resultado de um trabalho amplo de parceria”.

Conheça aqui os vencedores 23ª edição do Prêmio Expressão de Ecologia. 

Para saber mais sobre o projeto acesse: Projeto Araucária.

Assistia o vídeo do projeto. 

Assessoria Apremavi 

Outras Notícias