Polícia

Polícia Federal prende principal suspeito de matar indígena na região de José Boiteux

As autoridades não descartam o envolvimento de outras pessoas.

 Polícia Federal prende principal suspeito de matar indígena na região de José Boiteux Foto: PF/SC

A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (24) o principal suspeito de ter matado o indígena Ariel Paliano, de 26 anos. O crime ocorreu há um mês, em uma área rural entre as cidades de Itaiópolis e José Boiteux. O investigado foi encontrado na casa de parentes no município de Xanxerê, a cerca de 400 quilômetros de onde ocorreu o assassinato brutal.

As investigações apontam que vítima e assassino tiveram uma discussão em um bar horas antes do crime, registrado em 26 de abril. Os dois moravam próximos e as residências deles foram alvo de mandado de busca da PF no dia 10 de maio. Na data, a polícia recolheu celulares e roupas. 

Segundo a PF, até o momento não há indícios de que a morte ocorreu por causa de conflitos fundiários envolvendo a Terra Xokleng e nem por se tratar de uma pessoa indígena.

O corpo foi encontrado às margens da SC-477 parcialmente queimado. A Justiça autorizou a prisão temporária do investigado por 30 dias. Nesse período, a investigação segue em aberto para a polícia apurar outros indícios probatórios acerca das circunstâncias do crime.

As autoridades não descartam o envolvimento de outras pessoas.

 

Fonte: PF/SC e NSC Total

 

 

Outras Notícias