Segurança

Fugitivo do Presídio Regional de Rio do Sul seria solto em fevereiro

Detento fugiu na tarde deste domingo (7) e continua foragido.

Fugitivo do Presídio Regional de Rio do Sul seria solto em fevereiro Foto: Divulgação

Continuam as buscas pelo detento Valmir da Silva Medeiros, 40 anos, que fugiu na tarde deste domingo (7), do Presídio Regional de Rio do Sul, na Estrada Geral Serra Canoas, no bairro Fundo Canoas.

De acordo com o Diretor do Presídio de Rio do Sul, Eduardo Weber Xavier, Valmir ainda não foi localizado. “Ele permanece foragido. É um detento nosso que a gente chama de “regalia”, que são presos que auxiliam aqui na manutenção da Unidade então ele fica solto durante o dia. Ele trabalhava na cozinha e escalou um alambrado de segurança baixa, o último alambrado, e acabou fugindo”, contou.

De acordo com o diretor, ainda não se sabe qual foi o motivo da fuga, pois era um preso que tinha previsão de correção por regime semi-aberto. Ele foi condenado a 14 anos de prisão, em regime fechado e já havia cumprido quase toda a pena. “A gente até estranhou o comportamento dele, e não sabemos o que motivou a fuga. Ele já seria solto agora no mês de fevereiro”, explicou o diretor.

Quando o detento for recapturado e voltar ao presídio, ele retornará ao regime fechado e perde os benefícios conquistados até então.

Essa é a segunda fuga de Valmir, em 2008 ele cumpria pena em Florianópolis, quando fugiu e foi recapturado. Ele cumpria pena por roubo e furto qualificado. O detento vestia calça jeans e camiseta verde no momento da fuga.

Policiais do Alto Vale do Itajaí foram mobilizados para recapturá-lo.

Caso recente – dezembro

Na noite de segunda-feira (25), seis detentos escaparam do Presídio Regional de Rio do Sul. A fuga ocorreu por volta das 19h30m. O diretor contou que os presos serraram uma barra de ferro de uma janela, após isso conseguiram acessar o pátio e pular o muro do presídio. No mesmo dia da fuga foi emitido alerta para os órgãos de segurança pública das cidades da região sobre a chegada de elementos suspeitos.

Adonis Leonardo Weber foi o primeiro a ser encontrado, no início da tarde de terça-feira (26). Ele tem 27 anos, é natural de Rio do Sul e estava preso por furto e receptação.

Na tarde de quarta-feira (27), por volta das 18h, foi recapturado Armandio Almeida, 34 anos, preso por furto e receptação. Ele é natural de Rio do Sul e foi encontrado na rua Prefeito José Tambosi, em Laurentino, próximo a Igreja Matriz.

Por volta das 22h do mesmo dia, Jeferson Moacir da Silva e Delcio Roberto Weber, também foram capturados por policiais militares e agentes prisionais, todos no município de Laurentino. Silva, 28 anos, é natural de Curitibanos e cumpria pena por roubo e furto. Weber, 40 anos, de Curitiba (PR), cumpre pena por furto e receptação.

Maicon Schneider, natural de Ibirama, de 22 anos, preso por roubo e furto, e Ruan Carlos Rodrigo da Costa, 26 anos, preso por roubo e furto, natural de Rio do Sul, foram pegos em Laurentino no início da noite da quinta-feira (28), por volta das 20h.

O Departamento de Administração Prisional (DEAP) e a Corregedoria da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SJC) ouviram os agentes penitenciários que estavam de plantão no momento, como também os presos que estavam juntos com os fugitivos nas selas e também o detento recapturado, e instauraram inquérito para investigar os motivos da fuga.

O diretor do Presídio disse que a sindicância do caso ainda não foi concluída e está com a Corregedoria e Deap.

 

Por Elisiane Maciel

Diário do Alto Vale

Outras Notícias