Polícia

Caminhoneiro que arrastou motociclistas na BR-101 vai a júri popular

Julgamento teve início hoje pela manhã

Caminhoneiro que arrastou motociclistas na BR-101 vai a júri popular Foto: Kassia Salles/ND

 

Começou na manhã desta quinta-feira (9), o julgamento do caminhoneiro Jeferson Alves Soares acusado de matar Sandra Pereira, de 47 anos, depois de arrastar ela e o marido, Anderson Pereira, de 49 anos, por mais de 30 quilômetros na BR-101 no Litoral Norte de Santa Catarina.

Sandra e o marido estavam de moto quando foram atingidos pelo caminhoneiro. Jeferson é acusado de homicídio contra Sandra e tentativa de homicídio contra o marido dela. O crime ocorreu em março de 2021.

Para o Ministério Público, o caminhoneiro Jeferson Alves Soares dirigia sob efeito de drogas quando atingiu o casal. No inquérito policial protocolado pelo delegado Uiliam Soares da Silva, responsável pelo caso na época, "não foi um acidente de trânsito. Ele jogou o caminhão em cima dos motociclistas com o intuito de causar a morte".

O caminhoneiro foi preso em flagrante no dia do crime, 6 de março de 2021. Ele é do Rio Grande do Sul e disse à polícia que voltava de uma viagem a São Paulo.

O réu responderá por homicídio doloso (dolo eventual) de Sandra e tentativa de homicídio qualificada - por meio cruel e para assegurar a impunidade de outro crime - contra Anderson, além de deixar de prestar imediato socorro à vítima e conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada.

Por: ND+

Outras Notícias