SC não tem nenhum ponto de interdição nas rodovias na manhã desta sexta-feira

Últimos bloqueios estavam no Alto Vale e foram desfeitos no início da noite de quinta (3)

Enviar no WhatsApp
SC não tem nenhum ponto de interdição nas rodovias na manhã desta sexta-feira

Foto: Divulgação/PRF

 

Às 19h24 desta quinta-feira (3), a PRF divulgou no Twitter, o desbloqueio do último ponto de manifestação nas rodovias federais de SC.

Nas redes sociais, a PRF vinha atualizando, a cada duas horas a lista dos trechos com bloqueios e, desde então, a informação é de que o trânsito segue lento em alguns pontos, mas sem retenções.

Uma Força Tarefa formada pela PRF, PM e Bombeiros foi para as ruas no iníio da tarde para desbloquear os trechos ainda interditados total ou parcialmente.

A ação começou em Ascurra e terminou em Pouso Redondo. 

A exemplo de Itajaí e Blumenau, o Batalhão de Choque precisou agir em Ascurra. 

Em Rio do Sul às 14h40, após diálogo entre manifestantes e polícia, o trânsito foi liberado no km 139, próximo a rodoviária e um dos principais trevos de acesso a cidade. Mas os manifestante poderiam permanecer nas margens da rodovia. 

Quando a questão parecia resolvida, um grupo formado por mais de 100 pessoas, começou a utilizar uma faixa de pedestre em forma de vai e vem.

O ato dos manifestantes levou ao posicionamento da tropa de choque. Todo o trânsito foi interrompido nas imediações da ação. Por fim, não houve conflito.

Algumas horas depois a Força Tarefa removeu toneladas de entulho no km 158 em Trombudo Central. 

E por fim, no início da noite, o grupo desbloqueou o último ponto no km 173, em Pouso Redondo.

Ainda há presença de manifestantes às margens de alguns locais da BR-101, BR-470 e BR-282. Por isso, persiste a ameaça de que novas interrupções possam ocorrer. Equipes da PRF, com apoio da Polícia Militar, permanecem monitorando a situação para desestimular novos fechamentos. 

 

Quatro dias de manifestação e 75 pontos de bloqueio 

No total, foram registrados 75 diferentes pontos de bloqueio nas rodovias federais de SC. A PRF iniciou as negociações de liberação já a partir da noite de domingo (30). Em alguns deles, os policiais conseguiram negociar e convencer as pessoas a ir pra casa. Mas em outros, foi necessário o uso da força de choque da PRF e também da Polícia Militar. 

Alguns destes locais tiveram que ser liberados duas vezes, já que os manifestantes voltaram para a pista e fecharam a rodovia novamente, obrigando os policiais a retornar e repetir o procedimento. Toneladas de entulhos tiveram que ser removidos da pista (blocos de cimento, troncos de árvores, pneus queimados, sucata, terra e areia), com o apoio do Corpo de Bombeiros, das empresas concessionárias e prefeituras locais.

Até a última atualização, a PRF em SC já havia lavrado 614 autos de infração pelo artigo 253-A do CTB, “usar o veículo para interromper a circulação da via.” (Valor: R$ 5.869,40) Este número ainda deve subir, à medida que os sistemas internos são sincronizados. 

Onze pessoas foram detidas durante as manifestações, todas pelo crime de desobediência. Todas foram levadas à Polícia Federal e vão responder a um Termo Circunstanciado.

 

Com informações PRF

Outras Notícias

PUBLICIDADE

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Confira nossa Política de privacidade e nosso Termo de uso.

Concordo